Saúde Sexual

Quais os efeitos colaterais do Citrato de Sildenafila?

Muito se fala sobre a Sildenafila, o princípio ativo do Viagra, muitas vezes utilizado para disfunção erétil, e isso pode gerar alguns mal entendidos, principalmente quando se fala dos efeitos colaterais.

Para esclarecer de vez sobre esse ponto, preparamos esse conteúdo passando por todas as reações possíveis – das mais comuns até as mais raras. Pronto para saber mais sobre o assunto? Leia abaixo!

clinician image
Aprovado por
Equipe médica
iconÚltima atualização 3 de abril 2024

Efeitos colaterais mais comuns

Geralmente, os efeitos colaterais mais comuns são leves e duram pouco tempo. Veja:

Dor de cabeça

Um efeito comum é a dor de cabeça, mas vale lembrar que costuma ser passageiro.

Vermelhidão no rosto

Você pode notar vermelhidão no rosto por causa do aumento do fluxo sanguíneo no organismo causado pela ação do medicamento.

Indigestão

A azia – indigestão – pode também ser sentida. Em alguns, a sensação de estômago cheio é considerado efeito colateral, mas que costuma durar pouco tempo.

Congestão nasal

A congestão nasal é considerada reação adversa comum do medicamento. Você pode notar que o seu nariz está entupido ou escorrendo.

Tontura

Como a Sildenafila aumenta o fluxo sanguíneo, isso pode levar você a experimentar uma sensação de tontura, mas que dura pouco tempo também.

Efeitos colaterais raros

Agora, vamos falar sobre os efeitos menos comuns. Aqui, reforçamos a necessidade de buscar atendimento médico imediato se experimentar qualquer uma das seguintes reações:

Visão turva

Você pode notar que a sua visão está mais embaçada (turva), mas esse efeito passa após pouco tempo. Vale lembrar que a visão turva é considerada um efeito raro, afetando poucas pessoas que fazem uso do medicamento.

Priapismo

É uma ereção que dura mais do que quatro horas, não tendo relação com estímulo sexual e que pode causar forte dor se não for tratada, além de danos permanentes ao pênis.

Zumbido ou perda de audição

Perda de audição ou zumbido nos ouvidos são efeitos raros, que exigem busca de atendimento médico imediato.

Reações alérgicas

Como toda medicação, a Sildenafila pode provocar reações alérgicas, apesar disso ser raro. Na prática, essas reações alérgicas costumam acontecer por meio de lesões na pele, inchaço na face, lábios ou língua, além da dificuldade de respirar e urticária. Se notar um desses sinais, procure ajuda médica imediatamente.

Cuidados importantes

Como toda medicação, é necessário tomar alguns cuidados antes de iniciar o tratamento com Sildenafila.

Consulte um médico antes de usar Sildenafila

Nunca se automedique, já que isso pode causar consequências graves à sua saúde. Dito isso, antes de iniciar o tratamento com Sildenafila, consulte um médico, especialmente se tiver doença cardíaca, hipertensão ou doença hepática ou renal pré-existentes.

Não use Citrato de Sildenafila e medicamentos à base de Nitratos simultaneamente

Medicamentos à base de Nitrato geralmente tratam problemas cardíacos e o uso simultâneo com o Citrato de Sildenafila pode causar queda brusca de pressão.

Conclusão

Muito bem, finalizamos mais um artigo e agora você conhece os principais efeitos colaterais do medicamento. Lembre-se de que a maioria dos homens não experimenta as reações adversas, no entanto, diante de qualquer desconforto, busque orientação médica. Aproveitando, queremos te convidar a ler mais sobre o Citrato de Sildenafila, o que acha?

References
icon¹

Arora S, Surakiatchanukul T, Arora T, Cagini C, Lupidi M, Chhablani J. Sildenafil in ophthalmology: An update. Surv Ophthalmol. 2022 Mar-Apr;67(2):463-487. doi: 10.1016/j.survophthal.2021.06.004. Epub 2021 Jun 25. PMID: 34175342.

icon²

Doghri Y, Chetaneau F, Rhimi M, Kriaa A, Lalanne V, Thorin C, Maguin E, Mallem MY, Desfontis JC. Sildenafil citrate long-term treatment effects on cardiovascular reactivity in a SHR experimental model of metabolic syndrome. PLoS One. 2019 Nov 7;14(11):e0223914. doi: 10.1371/journal.pone.0223914. PMID: 31697707; PMCID: PMC6837760.

icon³

Graziano S, Montana A, Zaami S, Rotolo MC, Minutillo A, Busardò FP, Marinelli E. Sildenafil-associated hepatoxicity: a review of the literature. Eur Rev Med Pharmacol Sci. 2017 Mar;21(1 Suppl):17-22. PMID: 28379598.

icon

 Gong B, Ma M, Xie W, Yang X, Huang Y, Sun T, Luo Y, Huang J. Direct comparison of tadalafil with sildenafil for the treatment of erectile dysfunction: a systematic review and meta-analysis. Int Urol Nephrol. 2017 Oct;49(10):1731-1740. doi: 10.1007/s11255-017-1644-5. Epub 2017 Jul 24. PMID: 28741090; PMCID: PMC5603624.

icon


Leitura adicional
card-image
Saúde Sexual
Disfunção erétil e idade: qual a relação?
É comum pensar que a disfunção erétil acontece apenas entre homens mais velhos, mas será que é assim mesmo? Neste artigo, nós explicamos melhor qual a relação entre a idade e a impotência sexual, além de passar por outros fatores que podem interferir nesse contexto.
card-image
Saúde Sexual
Disfunção erétil psicológica: causas e como resolver
As vezes, a disfunção erétil, também chamada de impotência sexual, é uma coisa da nossa cabeça – mas isso não faz com que seja menos real ou menos difícil de lidar. A disfunção erétil psicológica, nome dado para a condição causada por fatores psicológicos e emocionais, é em muitos casos um grande baque para quem sofre.
card-image
Saúde Sexual
Como melhorar a ereção? 10 dicas para pôr em prática
Nem sempre é fácil nem sempre é fácil ter e manter uma ereção – e isso é comum: 40% dos homens com menos de 40 anos sofrem com problemas de ereção em algum momento da vida.
card-image
Saúde Sexual
Guia completo sobre disfunção erétil
A disfunção erétil, também conhecida como impotência sexual, é provavelmente o problema sexual mais comum entre os homens, afetando aproximadamente 45% dos brasileiros.
Nós utilizamos cookies para analisar dados e personalizar sua visita, saiba mais em nossa política de privacidade