Filtros

Áreas afetadas pela calvície
Idade
Tratamento
Duração do tratamento
Saúde Sexual

Disfunção erétil e idade: qual a relação?

Entenda melhor como a idade pode contribuir com a impotência sexualscribble-underline

É comum pensar que a disfunção erétil acontece apenas entre homens mais velhos, mas será que é assim mesmo? Neste artigo, nós explicamos melhor qual a relação entre a idade e a impotência sexual, além de passar por outros fatores que podem interferir nesse contexto.

clinician image
Aprovado por
Equipe médica
iconÚltima atualização 3 de abril 2024

A impotência sexual vem com a idade?

Não necessariamente. Apesar dos homens mais velhos possuírem riscos um pouco maiores de desenvolver a disfunção erétil, por conta da queda no nível de testosterona, muitos deles nunca vão experienciar problemas de ereção – e isso estamos falando de homens entre 50 e 85 anos. 

Simplificando, podemos sim falar que o avanço da idade pode contribuir com a impotência sexual, mas não é tudo. Câncer, doenças cardíacas como aterosclerose, a doença de Parkinson e a Esclerose Múltipla também podem aumentar os riscos.

De acordo com um estudo do Journal of Sexual Medicine, um em quatro novos pacientes com disfunção erétil possuem menos de 40 anos. Apesar de existirem evidências de que a disfunção erétil acontece conforme o envelhecimento, esse dado levanta a atenção para o fato de que o problema não é só sobre a idade do homem. 

Adotar um estilo de vida saudável como evitar fumar, reduzir o álcool e prevenir a diabetes é uma boa forma para os homens evitarem e até prevenirem a disfunção erétil. Outro ponto que pode ajudar nesses casos, é administrar o uso de medicações como antidepressivos e betabloqueadores, que também podem influenciar na disfunção erétil.

A partir de que idade começa a disfunção erétil?

Muitos jovens ficam surpresos ao descobrirem que possuem problemas com a ereção, mas o fato é que a impotência sexual não é tão rara assim entre homens mais novos, podendo acontecer entre os vinte e poucos anos – ou até antes. 

Independente de quando acontece, tanto homens mais velhos quanto os mais novos podem se sentir insatisfeitos com sua performance sexual e, nesses casos, uma boa estratégia para lidar com isso é aliar o tratamento psicológico com medicamentos que ajudam na ereção. 

Além disso, quando a principal causa da disfunção erétil for a própria idade, é importante ficar atento e investigar um pouco mais sobre ela. Isso porque ela pode ser um indicativo de doenças cardíacas. Mas não precisa se assustar! A maioria das causas ligadas ao problema com ereção possuem tratamento e isso é algo importante de ter em mente.

As causas da disfunção erétil são diferentes conforme envelhecemos?

Em homens mais velhos, a disfunção erétil pode ser resultado da queda dos níveis de testosterona, da diabetes, de mudanças na pressão arterial ou até de problemas nos nervos e músculos que recebem e enviam os comandos cerebrais para o pênis.

Também há motivos como o estresse, o luto e os impactos psicológicos causados por doenças relacionadas à idade avançada, como a demência. Por fim, o próprio processo de envelhecimento pode ser um fator motivador.

Em homens mais novos, a disfunção erétil é mais relacionada a fatores psicológicos, como o estresse, a ansiedade e tristeza, à baixa testosterona ou a doenças crônicas, como problemas na tireoide e a diabetes.

Além disso, ela também pode ser causada pelo estilo de vida, se a pessoa fumar, ingerir álcool em excesso, se alimentar mal ou praticar exercícios intensos de ciclismo, que podem exercer pressão no períneo e levar a impotência sexual temporária.

Embora garantimos que tudo o que você lê no Manual de Saúde seja revisado e aprovado por um médico, as informações apresentadas aqui não têm a intenção de substituir o aconselhamento, diagnóstico ou tratamento médico profissional. Nunca deve substituir um aconselhamento médico específico. Se você tiver alguma dúvida ou preocupação, fale com seu médico.

Leitura adicional
card-image
Saúde Sexual
Disfunção erétil psicológica: causas e como resolver
As vezes, a disfunção erétil, também chamada de impotência sexual, é uma coisa da nossa cabeça – mas isso não faz com que seja menos real ou menos difícil de lidar. A disfunção erétil psicológica, nome dado para a condição causada por fatores psicológicos e emocionais, é em muitos casos um grande baque para quem sofre.
card-image
Saúde Sexual
Qual a diferença entre Tadalafila e Sildenafila?
A Tadalafila (mesmo princípio ativo do Cialis) e a Sildenafila (mesmo princípio ativo do Viagra) são os dois dos tratamentos mais populares para disfunção erétil e muitas pessoas ficam em dúvida: Cialis ou Viagra, qual o melhor?
card-image
Saúde Sexual
Álcool e problemas de ereção: qual relação?
Existe alguma relação entre o álcool e a impotência sexual? Pesquisas recentes dizem que sim! Aparentemente, quem bebe pouco ou até de forma moderada pode sofrer com os problemas de ereção – e quanto mais se bebe, pior os sintomas ficam.
card-image
Saúde Sexual
Como ajudar marido com disfunção erétil?
Se o seu marido está sofrendo com impotência sexual, ele não é único: 45% dos brasileiros tem esse mesmo problema.
Nós utilizamos cookies para analisar dados e personalizar sua visita, saiba mais em nossa política de privacidade