Queda Capilar

Dúvidas frequentes sobre o Minoxidil

O Minoxidil é um dos tratamentos mais conhecidos de queda capilar. Neste post, reunimos as dúvidas mais comuns para que você saiba mais sobre ele, veja!

clinician image
Aprovado por
Equipe médica
iconÚltima atualização 3 de maio 2024

Minoxidil dá espinha?

Falso, Minoxidil não dá espinhas. O que acontece é que na via de administração tópica, ele pode gerar reações alérgicas e inflamação dos folículos capilares, dando o aspecto parecido ao de espinhas (acne). No entanto, isso acontece em apenas 0,01% doas casos.

Minoxidil engrossa os fios?

Depende da situação que está se referindo. Passar Minoxidil em cabelos saudáveis não irá engrossar os fios, já que o aspecto natural dele não pode ser alterado. 

A situação é diferente quando falamos no caso da calvície, condição que afina os fios de cabelo. Isso porque o Minoxidil ajuda no crescimento de novos fios saudáveis, logo se o fio tiver naturalmente um aspecto mais grosso, o medicamento ajuda a recuperar essa característica.

Quem usa Minoxidil pode sair no sol?

Verdadeiro, não existe nenhuma contraindicação de se expor ao sol caso esteja usando o Minoxidil. Converse com seu médico para entender se no seu caso específico será necessário fazer alguma mudança.

Posso raspar o cabelo?

Verdadeiro, não tem nenhum problema e inclusive facilita a aplicação se você estiver utilizando o Minoxidil tópico.

Minoxidil engorda?

Falso, o medicamento não engorda. O Minoxidil oral pode levar a uma retenção de líquido maior por ser um vasodilatador. No entanto, isso acontece com aproximadamente 1% dos pacientes. 

Minoxidil incha o rosto?

O Minoxidil oral pode dar um edema (inchaço) facial, mas é um efeito raro, que ocorre apenas em 0,3% dos pacientes.

Minoxidil muda a cor do cabelo?

Pode ocorrer um escurecimento dos fios tanto com o uso do Minoxidil oral quanto com o tópico, mas isso não é relatado com frequência.

Minoxidil dá coceira?

O Minoxidil tópico pode apresentar uma coceira principalmente no início do tratamento e costuma desaparecer com adaptação do corpo ao medicamento, geralmente não sendo necessário a suspenção do produto.

Se a coceira persistir, aumentar ou se aparecerem outros sintomas como descamação, dor e vermelhidão, o paciente pode estar tendo uma dermatite devido o Minoxidil.

Geralmente, a dermatite ocorre principalmente pela presença do propilenoglicol no Minoxidil. A boa notícia é que existem fornecedores que produzem o tratamento de queda capilar sem inserir essa substância na composição do medicamento – o que acontece com as farmácias parceiras da MANUAL. 

Vale lembrar que o acompanhamento de um médico especialista é essencial para observar esse tipo de questão e te orientar para ter a melhor experiência de tratamento.

Nós fizemos um conteúdo com tudo que você precisa saber sobre o Minoxidil, que tal ler?

Embora garantimos que tudo o que você lê no Manual de Saúde seja revisado e aprovado por um médico, as informações apresentadas aqui não têm a intenção de substituir o aconselhamento, diagnóstico ou tratamento médico profissional. Nunca deve substituir um aconselhamento médico específico. Se você tiver alguma dúvida ou preocupação, fale com seu médico.

Leitura adicional
card-image
Queda Capilar
O que é a escala de Norwood?
Conheça a escala de Norwood e entenda melhor sobre a evolução da queda capilar em homens
card-image
Queda Capilar
Calvície na região da coroa? Fique atento aos sinais
Aprenda a identificar os primeiros sinais da calvície com o conteúdo a seguir!
card-image
Queda Capilar
Dutasterida: para que serve?
Entenda melhor como a Dutasterida funciona no tratamento para queda capilar!
card-image
Queda Capilar
DHT: Como ele causa a queda capilar e como evitar que ela ocorra
É a causa mais comum de queda de cabelo em homens, mas o que é DHT? Também conhecido por seu nome completo, di-hidrotestosterona, DHT é um hormônio sexual derivado da testosterona.
Nós utilizamos cookies para analisar dados e personalizar sua visita, saiba mais em nossa política de privacidade