Filtros

Áreas afetadas pela calvície
Idade
Tratamento
Duração do tratamento
Saúde Sexual

Álcool e problemas de ereção: qual relação?

clinician image
Aprovado por
Equipe médica
iconÚltima atualização 16 de fevereiro 2024
Em 30 segundos…

Existe alguma relação entre o álcool e a impotência sexual? Pesquisas recentes dizem que sim! Aparentemente, quem bebe pouco ou até de forma moderada pode sofrer com os problemas de ereção – e quanto mais se bebe, pior os sintomas ficam.

Na verdade, o consumo de alcool (seja ele excessivo ou não) é uma das principais causas da impotência sexual. Estudos sugerem que mais de três quartos dos homens que bebem com frequência sofrem com impotência sexual – sem contar que são mais propensos a sofrerem com outros problemas que afetam a vida sexual, incluindo ejaculação precoce e redução da libido.

É, por isso, que controlar o consumo de álcool é uma boa estratégia para dar um gás na sua vida sexual – e na sua performance entre quatro paredes também.

beer

Álcool e problemas de ereção: o que eles tem a ver?

Você provavelmente pensava que beber um pouco podia ser até benéfico para a vida sexual, certo? Bom, se for para se sentir mais confiante, talvez sim….

Mas, falando a longo prazo, o álcool parece ser bem negativo para saúde sexual. Um estudo do Internacional Journal of Impotence Research apontou uma ligação direta entre os dois: de acordo com a pesquisa, qualquer quantidade ingerida de álcool pode ser um gatilho para os sintomas de impotência – e de outros problemas de saúde sexual também. 

Por outro lado, um estudo do British Society for Sexual Medicine afirma que consumir menos de 14 copos ou drinks por semana parece não afetar diretamente a performance sexual. Apesar de ainda não ser clara a quantidade de álcool prejudicial para o corpo, é um consenso sobre os impactos negativos que as bebidas álcoolicas podem causar na saúde sexual.

Neste artigo, vamos te explicar um pouco melhor o porquê você deve pensar duas vezes antes de pedir outra rodada de bebida. Leia mais!

Por que o álcool pode estar acabando com sua vida sexual?

Pode ser difícil de acreditar que as bebidas alcóolicas realmente interferem na saúde sexual, mas os dados não negam.

Por exemplo, um estudo mostrou que 58.4% de homens que bebiam mais de 21 copos/ drinks por semana tinham impotência sexual. Em outra pesquisa, esse número aumentou para 72%. Além disso, foi observado que quanto mais se bebe, maiores são os riscos de desenvolver alguma disfunção sexual – e maior também a ocorrência dos sintomas.

E tem mais! O álcool pode não só contribuir para a impotência, mas ser a causa principal do problema com ereção. Veja o que um artigo publicado no Indian Journal of Psychiatry diz: “episódios de problemas de ereção em homens que consomem álcool com frequência são rotineiros, sendo significantemente maiores em homens que bebem mais do que três copos de bebidas alcoólicas por dia”. Além disso, outros estudos publicados mostraram que homens com problemas de alcoolismo sofrem com impotência sexual mesmo quando estão sóbrios.

A longo prazo, a previsão é tão preocupante quanto, já que o álcool pode interferir no funcionamento do testículo. Sem contar que o consumo frequente de bebidas álcoolicas pode causar danos irreversíveis nos nervos do pênis e alterar a produção do hormônio masculino, a testosterona – o que também pode levar aos problemas de ereção. 

 Veja também: Causas da Testosterona baixa no homem

Muito além da impotência sexual

Como já adiantamos, os efeitos do álcool não se limitam aos problemas de ereção, contribuindo para o desenvolvimento de outras disfunções sexuais.

De acordo com uma pesquisa a respeito de homens com problemas de alcoolismo, 14.6% deles relataram ausência de prazer durante a ejaculação, 10,4% tiveram ejaculação retardada (quando o homem demora muito tempo para ejacular ou simplesmente não consegue ejacular) e 27% não se sentem satisfeitos com a frequência das relações sexuais. Além disso, outro estudo também apontou que 25% dos homens que consomem álcool tem problemas para ter um orgasmo. 

Vale lembrar que aqui estamos falando apenas de consequências relacionadas a vida sexual e que o álcool interfere muito mais do que essa “área” da saúde. Isso inclui aumento da pressão arterial, problemas cardíacos, doenças de fígado, problemas digestivos e câncer de boca, garganta, esôfago e fígado.

Também estão inclusas nessa lista as doenças que afetam a saúde mental, como depressão e ansiedade, que também são resultantes do abuso de consumo de álcool.

Álcool e problemas de ereção: por trás da ciência

Mas afinal, por que o álcool tem tanta influência na saúde sexual? O álcool é uma substâcia que funciona como um calmante e desacelera todo o organismo. A respiração, a circulação e o sistema nervoso são alguns dos afetados pela ação do álcool – e isso diminui a sensibilidade do corpo, inclusive do pênis. 

Mas não é só isso! O álcool também desidrata o corpo e isso faz com que a circulação de sangue e oxigênio seja reduzida. Com a desidratação do corpo, aumenta a produção do hormônio angiotensina e diminui a produção de testosterona, que também estão relacionados com a impotência sexual. 

Agora, imagine todos esses fatores juntos: redução do fluxo sanguíneo, diminuição da sensibilidade e da produção da testosterona e o aumento da produção de angiotensina. Fica muito difícil para o homem ter uma ereção assim.

Então, eu tenho que parar de beber?

O álcool gera todos esses impactos, mas isso não quer dizer que você precisa parar de vez com o consumo. O importante é ter moderação e bom senso quando for tomar uns goles – sua saúde sexual agradece!

Continue acompanhando o blog para aprender mais como ter uma melhor saúde sexual!

Embora garantimos que tudo o que você lê no Manual de Saúde seja revisado e aprovado por um médico, as informações apresentadas aqui não têm a intenção de substituir o aconselhamento, diagnóstico ou tratamento médico profissional. Nunca deve substituir um aconselhamento médico específico. Se você tiver alguma dúvida ou preocupação, fale com seu médico.

References
icon¹

American Addiction Centers – Is Alcohol Wreaking Havoc on Your Sexual Performance?: https://drugabuse.com/is-alcohol-wreaking-havoc-on-your-sexual-performance/

icon²

Bijil Simon Arackal and Vivek Benegal (2007). Prevalence of sexual dysfunction in male subjects with alcohol dependence: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2917074/

icon³
icon

International Journal of Advances in Medicine – Prevalence of sexual dysfunction in cases of alcohol dependence syndrome: http://www.ijmedicine.com/index.php/ijam/article/view/389

icon
icon

Shreyas Pendharkar, Surendra K. Mattoo, and Sandeep Grover (2016). Sexual dysfunctions in alcohol-dependent men: A study from north India: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5320845/

icon

Xiao-Ming Wang, Yun-Jin Bai, Yu-Bo Yang, Jin-Hong Li, Yin Tang, Ping Han (2018). Alcohol intake and risk of erectile dysfunction: a dose-response meta-analysis of observational studies: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/30232467/

icon


Leitura adicional
card-image
Saúde Sexual
Disfunção erétil e idade: qual a relação?
É comum pensar que a disfunção erétil acontece apenas entre homens mais velhos, mas será que é assim mesmo? Neste artigo, nós explicamos melhor qual a relação entre a idade e a impotência sexual, além de passar por outros fatores que podem interferir nesse contexto.
card-image
Saúde Sexual
Disfunção erétil psicológica: causas e como resolver
As vezes, a disfunção erétil, também chamada de impotência sexual, é uma coisa da nossa cabeça – mas isso não faz com que seja menos real ou menos difícil de lidar. A disfunção erétil psicológica, nome dado para a condição causada por fatores psicológicos e emocionais, é em muitos casos um grande baque para quem sofre.
card-image
Saúde Sexual
Qual a diferença entre Tadalafila e Sildenafila?
A Tadalafila (mesmo princípio ativo do Cialis) e a Sildenafila (mesmo princípio ativo do Viagra) são os dois dos tratamentos mais populares para disfunção erétil e muitas pessoas ficam em dúvida: Cialis ou Viagra, qual o melhor?
card-image
Saúde Sexual
Como ajudar marido com disfunção erétil?
Se o seu marido está sofrendo com impotência sexual, ele não é único: 45% dos brasileiros tem esse mesmo problema.
Nós utilizamos cookies para analisar dados e personalizar sua visita, saiba mais em nossa política de privacidade