Queda Capilar

Finasterida: o que é, para que serve e o que mais precisa saber

A Finasterida é um nome conhecido entre as pessoas que já procuraram saber mais sobre tratamentos para queda capilar. Neste artigo, reunimos informações interessantes para você entenda um pouco mais sobre como o medicamento. Veja! 

clinician image
Aprovado por
Equipe médica
iconÚltima atualização 8 de abril 2024

A Finasterida é um nome conhecido entre as pessoas que já procuraram saber mais sobre tratamentos para queda capilar. Neste artigo, reunimos informações interessantes para você entenda um pouco mais sobre como o medicamento. Veja! 

Finasterida: o que é e para que serve? 

A Finasterida é um medicamento aprovado pela Anvisa e utilizado no tratamento da alopecia androgenética, a calvície masculina.

Como age?

A calvície é causada pela ação do hormônio dihidrotestosterona (DHT) nos receptores foliculares do couro cabeludo. Esse hormônio é produto da ação da enzima conhecida como 5-alfa (5α) Redutase, que converte a testosterona em dihidrotestosterona (DHT). O DHT atua nesses receptores causando a miniaturização gradual e o enfraquecimento da haste do cabelo – o que eventualmente leva ao afinamento e enfraquecimento dos fios.

Quando você toma Finasterida, o medicamento tem como alvo a enzima 5α Redutase, inibindo a conversão da testosterona em DHT. Como a enzima não pode mais produzir o hormônio, isso diminui a quantidade de DHT, diminuindo a queda capilar e contribuindo para o crescimento de novos fios.

Começa a fazer efeito depois de quanto tempo?

Os resultados são individuais, ou seja, variam de pessoa para pessoa. Mas, em geral, é mais ou menos isso que você pode esperar:

1º e 3º mês

As mudanças ainda não são tão visíveis. Isso é completamente normal e esperado!

4º ao 6º mês

A queda diminui muito e o cabelo pode começar a crescer

6º ao 12ºmês

Auge do crescimento dos fios

Após o 12ºmês, o cabelo ainda cresce por mais um período, além de ser muito importante que o tratamento seja contínuo para manter os resultados a longo prazo.

Como tomar?

Você pode tomar a cápsula com ajuda de água e após as refeições, sem problema algum. O importante é que siga as orientações do médico no momento da prescrição.

Qual o melhor horário para tomar?

Não existem estudos que indiquem melhores horários para usar a medicação. Em geral, a recomendação é escolher um horário que seja fácil de manter o hábito e usar o medicamento todos os dias, conforme prescrição.

Precisa de receita para comprar?

Medicações à base de Finasterida não são medicamentos isentos de prescrição (MIP), ou seja, você precisa de uma receita médica para comprar.

Efeitos colaterais

Quais são?

Todas os medicamentos podem gerar efeitos colaterais e com a Finasterida eles são raros. Mais de 98% dos homens que usam a medicação não apresentam nenhum problema, ou seja, as chances são bem baixas de ter alguma reação.

Por mais que sejam incomuns, achamos importante que você conheça os efeitos colaterais relatados, são esses:

  • Erupção cutâna
  • Sensibilidade ao redor dos mamil
  • Mau humor
  • Depressão
  • Diminuição da libido
  • Dor testicular
  • Disfunção erétil (impotência sexual)
  • Baixa qualidade seminal
  • Palpitações

Se notar alguns dos efeitos, procure ajuda médica.

A Finasterida é segura?

A Finasterida é um tratamento aprovado pela Anvisa para o tratamento de queda capilar. E como falamos, mais de 98% dos homens que a utilizaram não apresentaram nenhuma reação significativa.

Outras dúvidas sobre o uso da Finasterida

Engorda ou emagrece?

A Finasterida não engorda, nem emagrece.

Pode tomar por conta própria?

Não é recomendado usar a medicação sem a orientação médica. Isso pode comprometer os resultados, além de aumentar as chances de efeitos colaterais.

Aumenta a testosterona?

Lembra a forma como a Finasterida age? Quando a medicação bloqueia a ação da enzima 5 alfa-redutase, ela diminui a conversão de testosterona em DHT e isso faz com que o corpo “acumule” a testosterona. Com isso, pode sim acontecer um aumento do hormônio no início do tratamento.

Causa impotência ou ejaculação precoce?

Não é certo que a Finasterida vai causar disfunção erétil em quem a usa. Esse é um dos efeitos colaterais, que afetam menos de 2% das pessoas que usam a medicação, ou seja, as chances são bem pequenas.

Aumenta a massa muscular? Atrapalha o ganho de massa?

A Finasterida não interfere na massa muscular. Algumas pessoas se confundem pelo fato de que ela bloqueia a conversão da testosterona em DHT e acredita que pode prejudicar de alguma forma o ganho de massa muscular, mas isso não acontece.

Aumenta a pressão arterial?

Não tem nenhuma influencia na pressão arterial.

Prejudica o fígado?

A Finasterida pode gerar um pequeno aumento das enzimas hepáticas, mas isso é temporário e não tem sinais clínicos de que causa lesões no fígado. A normalização dos níveis de enzima acontece naturalmente, sem a necessidade de parar o uso da medicação e de reduzir a dose.

Causa câncer?

Um famoso estudo divulgado em 2003 mostrou que, embora as pessoas que tomaram Finasterida tivessem 30% menos probabilidade de desenvolver câncer de próstata, eram potencialmente mais propensas a desenvolver câncer de próstata de “alto grau”.

Desde este estudo que chamou a atenção, houveram mais pesquisas. Acompanhando usuários de Finasterida após quase 20 anos, um estudo descobriu que usuários de Finasterida tinham 25% menos chances de morrer de câncer de próstata do que aqueles que não usaram a droga . 

Provoca infertilidade? Deixa estéril? Homem que toma pode ter filhos?

A Finasterida sozinha não gera alterações na qualidade do sême. O que pode acontecer é o medicamento piorar quadros que já existiam e que podem levar a infertilidade. Um exemplo é a varicocele, varizes dentro do testículo, que podem piorar com o uso do medicamento para queda capilar.

Isso quer dizer que, se o homem já apresenta alguma condição que pode comprometer a fertilidade e deseja ter um filho, talvez seja interessante parar o uso da medicação. Mas, se ele não possuir nenhuma alteração, o uso de medicação em baixas doses parece não diminuir a fertilidade.

Quem toma pode beber?

Não existe nenhuma interação entre a Finasterida e bebidas alcoólicas. Mas vale lembrar que o consumo deve ser moderado para não gerar nenhum prejuízo à saúde.

Diminui o pênis?

A Finasterida não diminui o pênis.

Tem que tomar a vida toda?

A calvície é uma condição que tem tratamento, mas não cura. Com isso, é necessário usar as medicações continuamente para ter resultados e para mantê-los a longo prazo. Lembrando que o tratamento deve respeitar as orientações do médico, ok?

É normal cair o cabelo no começo do tratamento?

A Finasterida não causa a queda do cabelo. O que acontece é que o medicamento começa a agir internamente para então os resultados ficarem visíveis, o que pode deixar algumas pessoas ansiosas.

Lembra da linha do tempo que compartilhamos acima? É uma boa ideia se guiar por ela para entender o que esperar do tratamento com a Finasterida.

Esqueci de tomar um dia. O que fazer?

Se esquecer de tomar um dia, jamais dobre a dose! Isso não ajuda com os resultados e aumenta as chances de efeitos colaterais. Continue com dosagem que o médico prescreveu e siga normalmente os resultados.

Pode tomar após transplante capilar?

Não há problema algum em usar depois do transplante capilar, na verdade, é o que médicos especialistas indicam na maioria dos casos. Isso porque é necessário o uso de medicamentos para queda capilar para manter os resultados do transplante.

Causa depressão e ansiedade?

A comunidade científica ainda não chegou a um consenso sobre o assunto. Até então, alguns estudiosos publicaram pesquisas que relacionaram a Finasterida a um mecanismo de bloqueio de hormônios com atividade neurológica, contribuindo com o desenvolvimento de quadros de depressão, por exemplo.

Mas vale lembrar que os efeitos colaterais da Finasterida são raros, sendo que mais de 98% dos homens que a utilizaram não relataram nenhum problema.

Leitura adicional
card-image
Queda Capilar
O que é a escala de Norwood?
Conheça a escala de Norwood e entenda melhor sobre a evolução da queda capilar em homens
card-image
Queda Capilar
Calvície na região da coroa? Fique atento aos sinais
Aprenda a identificar os primeiros sinais da calvície com o conteúdo a seguir!
card-image
Queda Capilar
Dutasterida: para que serve?
Entenda melhor como a Dutasterida funciona no tratamento para queda capilar!
card-image
Queda Capilar
DHT: Como ele causa a queda capilar e como evitar que ela ocorra
É a causa mais comum de queda de cabelo em homens, mas o que é DHT? Também conhecido por seu nome completo, di-hidrotestosterona, DHT é um hormônio sexual derivado da testosterona.
Nós utilizamos cookies para analisar dados e personalizar sua visita, saiba mais em nossa política de privacidade