Saúde Sexual

Aceitar o próprio fracasso pode ser bom para emagrecer. Entenda!

Não, esse título não está errado. A verdade é que fomos ensinados que fracassar em algo é péssimo e que devemos fugir constantemente disso. Mas e se te falarmos que aceitar que esses momentos existem pode te ajudar a evoluir no seu processo de emagrecimento? Leia a seguir!

clinician image
Aprovado por
Equipe médica
iconÚltima atualização 10 de maio 2023

Fracassar faz parte

Um “mindset” famoso, originalmente chamado de Church of Fail, traz a ideia de que o fracasso é um processo normal e que não deve ser temido, afinal pode ser fonte de muitos aprendizados.

Essa abordagem foi tema de um estudo com mais de 6.000 pessoas que perderam peso e mantiveram seus resultados a longo prazo. A conclusão da pesquisa foi que a perseverança foi a chave do sucesso dos participantes.

Ciclo reflexivo de Gibbs

Existem diferentes formas que podem te ajudar a entender quando as coisas não saem como planejado e o Ciclo reflexivo de Gibbs é uma delas.

Basicamente, esse é um esquema de seis passos que facilita a entender o que deu certo, o que pode melhorar e o que você pode fazer de diferente no seu processo de emagrecimento – ou qualquer outra jornada que esteja envolvido na sua vida.

Dividimos as seis fases para você entender melhor do que estamos falando:

Fase 1: Descrição

Descreva os desafios (ou até mesmo os fracassos) que tem na sua jornada de emagrecimento

Fase 2: Sentimentos

Identifique as emoções e os pensamentos que passou durante e depois essas dificuldades

Fase 3: Observação

Observe o que deu certo e o que pode melhorar – esse passo é muito importante para aprender com os próprios erros

Fase 4: Análise

Analise cada situação individualmente e identifique qual foi a causa de fracasso em cada uma. Isso vai te ajudar a não repetir o erro.

Fase 5: Conclusão

Foque em que lições podem ser tiradas de cada situação. Pense no que poderia ter sido feito nos casos que listou.

Fase 6: Plano de ação

É muito possível que você se encontre uma situação parecida com a que passou em algum momento no futuro. É nessa etapa do Ciclo reflexivo de Gibbs que você vai traçar um plano de ação para evitar cometer o mesmo erro e para facilitar o seu sucesso.

⚡️ Mão na massa

Na próxima semana, tente colocar em prática o Ciclo reflexivo de Gibbs. Faça as seguintes perguntas para você mesmo:

  • O que aconteceu?
  • Como você se sentiu?
  • O que deu certo e o que não deu?
  • Por que isso aconteceu?
  • O que pode ter sido feito de diferente?
  • O que vai fazer na próxima vez?

Se você entender o fracasso como uma chance de evoluir, é muito provável que isso te ajude a chegar mais facilmente aos seus objetivos. Então, da próxima vez que se sentir para baixo quando as coisas não vão tão bem, tente pensar nisso. Nos vemos no próximo artigo!Fracassar faz parte

Um “mindset” famoso, originalmente chamado de Church of Fail, traz a ideia de que o fracasso é um processo normal e que não deve ser temido, afinal pode ser fonte de muitos aprendizados.

Essa abordagem foi tema de um estudo com mais de 6.000 pessoas que perderam peso e mantiveram seus resultados a longo prazo. A conclusão da pesquisa foi que a perseverança foi a chave do sucesso dos participantes.

Ciclo reflexivo de Gibbs

Existem diferentes formas que podem te ajudar a entender quando as coisas não saem como planejado e o Ciclo reflexivo de Gibbs é uma delas.

Basicamente, esse é um esquema de seis passos que facilita a entender o que deu certo, o que pode melhorar e o que você pode fazer de diferente no seu processo de emagrecimento – ou qualquer outra jornada que esteja envolvido na sua vida.

Dividimos as seis fases para você entender melhor do que estamos falando:

Fase 1: Descrição

Descreva os desafios (ou até mesmo os fracassos) que tem na sua jornada de emagrecimento

Fase 2: Sentimentos

Identifique as emoções e os pensamentos que passou durante e depois essas dificuldades

Fase 3: Observação

Observe o que deu certo e o que pode melhorar – esse passo é muito importante para aprender com os próprios erros

Fase 4: Análise

Analise cada situação individualmente e identifique qual foi a causa de fracasso em cada uma. Isso vai te ajudar a não repetir o erro.

Fase 5: Conclusão

Foque em que lições podem ser tiradas de cada situação. Pense no que poderia ter sido feito nos casos que listou.

Fase 6: Plano de ação

É muito possível que você se encontre uma situação parecida com a que passou em algum momento no futuro. É nessa etapa do Ciclo reflexivo de Gibbs que você vai traçar um plano de ação para evitar cometer o mesmo erro e para facilitar o seu sucesso.

⚡️ Mão na massa

Na próxima semana, tente colocar em prática o Ciclo reflexivo de Gibbs. Faça as seguintes perguntas para você mesmo:

  • O que aconteceu?
  • Como você se sentiu?
  • O que deu certo e o que não deu?
  • Por que isso aconteceu?
  • O que pode ter sido feito de diferente?
  • O que vai fazer na próxima vez?

Se você entender o fracasso como uma chance de evoluir, é muito provável que isso te ajude a chegar mais facilmente aos seus objetivos. Então, da próxima vez que se sentir para baixo quando as coisas não vão tão bem, tente pensar nisso. Nos vemos no próximo artigo!

References
icon¹

Phelan, S, Roake, J, Alarcon, N, et al. In their own words: Topic analysis of the motivations and strategies of over 6,000 long-term weight-loss maintainers. Obesity (Silver Spring)scribble-underline. 2022; 30: 751– 761.


Leitura adicional
card-image
Emagrecimento
O Impacto do Acompanhamento Nutricional no Emagrecimento
Descubra como a alimentação saudável combinada com o aconselhamento nutricional pode transformar sua saúde e bem-estar. Entenda os benefícios dessa abordagem integrada e como ela pode ajudar a alcançar seus objetivos de saúde.
card-image
Emagrecimento
A ciência por trás da perda de peso: entendendo medicamentos injetáveis
Entenda os mecanismos, benefícios e considerações dos medicamentos injetáveis para emagrecer e alcançar seus objetivos de saúde.
card-image
Emagrecimento
Como aumentar a atividade física sem precisar fazer exercícios “tradicionais”?
Quando pensamos no emagrecimento ou até no estilo de vida saudável, normalmente damos muita ênfase em exercícios como corrida ou a musculação. E, apesar de serem atividades muito benéficas para o nosso corpo (vamos falar sobre elas nos próximos artigos), essas não são as únicas formas de nos mantermos ativos – e é sobre isso que vamos falar hoje!
card-image
Emagrecimento
Remédio para emagrecer: tudo que você precisa saber
Escrevemos este artigo para ajudar a entender para quem é indicado o uso, como funciona e quais medicamentos são e não são recomendados para emagrecer. Vamos lá?
Nós utilizamos cookies para analisar dados e personalizar sua visita, saiba mais em nossa política de privacidade