Emagrecimento

Monitorar seu emagrecimento? Entenda o porquê você deve fazer isso

No último artigo, te ensinamos como traçar metas para evoluir no seu programa de emagrecimento. Desta vez, vamos falar sobre uma outra estratégia que também pode te ajudar e muito: monitorar sua evolução. Confira!

clinician image
Aprovado por
Equipe médica
iconÚltima atualização 24 de julho 2023

Independente de qual é sua meta de emagrecimento, você provavelmente precisará repensar alguns comportamentos para ter uma vida cada vez mais saudável. É aqui que esse monitoramento entra: quando você presta atenção nas suas ações (ex. alimentação e regularidade de atividades físicas) e as suas consequências (transformações no peso e nas suas medidas) é que você entende o que precisa mudar ou não no seu comportamento.

Quem monitora, emagrece mais

Uma pesquisa comportamental descobriu que pessoas que monitoraram com mais detalhes sua alimentação perderam até 7% do seu peso em 1 ano e meio de estudo.

Por outro lado, os participantes que optaram por não acompanhar a alimentação tiveram mais dificuldade em emagrecer e, em alguns casos, ganharam mais 7% do peso no mesmo período.

Por que isso acontece?

Em primeiro lugar, porque isso te dá maior consciência sobre todos seus hábitos e comportamentos. Isso quer dizer que é mais fácil para identificar pontos de melhoria – o que facilita a ter um progresso mais linear.

Por exemplo, você pode perceber que come excessivamente quando está estressado ou que tem a tendência de pular a prática de atividades físicas na correria do dia a dia. Ao identificar esses comportamentos, você pode pensar em estratégias para contornar a situação – tentar encontrar formas para relaxar e reorganizar os treinos para que se encaixem na sua rotina.

Mas antes de começar, queremos te dar um dica: seja gentil com sua jornada. Você vai precisar ser paciente e respeitar o seu tempo para chegar até onde quer. E, claro, celebre as pequenas vitórias para se manter motivado ao longo do caminho!

Mão na massa

No último artigo, você aprendeu sobre como definir suas metas a curto e longo prazo. Agora, é hora do próximo passo: pense nas suas metas e use as perguntas a seguir para decidir como vai monitorar seu progresso.

Quem monitora, emagrece mais

⚡️ Para monitorar, você vai precisar definir:

  • Onde isso vai ser feito? (Com seu programa de emagrecimento da MANUAL, você pode fazer isso na área logada)
  • Com qual frequência vai precisar monitorar?
  • Como você se manterá motivado com sua jornada? (ex. falando com frequência com um nutricionista)

Já deu para perceber que o monitoramento do seu progresso é uma ajuda e tanto para ter bons resultados, não é? No próximo artigo, voltaremos com mais dicas para sua jornada de emagrecimento!

References
icon¹

Peterson ND, Middleton KR, Nackers LM, Medina KE, Milsom VA, Perri MG. Dietary self-monitoring and long-term success with weight management. Obesity (Silver Spring). 2014 Sep;22(9):1962-7. doi: 10.1002/oby.20807. Epub 2014 Jun 13. PMID: 24931055; PMCID: PMC4149603.

icon²


Leitura adicional
card-image
Emagrecimento
Existem versões genéricas de Ozempic, Saxenda e Rybelsus? Descubra agora!
Já se perguntou se existem genéricos de Ozempic, Saxenda e Rybelsus? Descubra agora neste artigo completo sobre o tema!
card-image
Emagrecimento
O Impacto do Acompanhamento Nutricional no Emagrecimento
Descubra como a alimentação saudável combinada com o aconselhamento nutricional pode transformar sua saúde e bem-estar. Entenda os benefícios dessa abordagem integrada e como ela pode ajudar a alcançar seus objetivos de saúde.
card-image
Emagrecimento
A ciência por trás da perda de peso: entendendo medicamentos injetáveis
Entenda os mecanismos, benefícios e considerações dos medicamentos injetáveis para emagrecer e alcançar seus objetivos de saúde.
card-image
Emagrecimento
Como aumentar a atividade física sem precisar fazer exercícios “tradicionais”?
Quando pensamos no emagrecimento ou até no estilo de vida saudável, normalmente damos muita ênfase em exercícios como corrida ou a musculação. E, apesar de serem atividades muito benéficas para o nosso corpo (vamos falar sobre elas nos próximos artigos), essas não são as únicas formas de nos mantermos ativos – e é sobre isso que vamos falar hoje!
Nós utilizamos cookies para analisar dados e personalizar sua visita, saiba mais em nossa política de privacidade