Quais são os efeitos colaterais da Finasterida?

Escrito por
Equipe Manual
Aprovado medicamente por
Equipe médica
Última atualização
15th julho 2021

Como um dos tratamentos mais eficazes para a calvície de padrão masculino, a Finasterida é um medicamento popular para quem está enfrentando queda de cabelo. No entanto, como para todos os medicamentos, há efeitos colaterais da Finasterida que você deve conhecer. Embora seja importante notar que 98,6% dos homens não apresentam efeitos colaterais graves com a droga em ensaios clínicos.

Os possíveis efeitos colaterais da Finasterida incluem tontura, fraqueza, inchaço nas mãos, ginecomastia, disfunção erétil, diminuição da libido e ejaculações anormais. Os efeitos colaterais sexuais têm recebido muita publicidade. Apesar disso, a evidência sugere que eles são raros e geralmente reversíveis.

A Finasterida é uma droga totalmente aprovada pela ANVISA e considerada segura para tratamento médico – e é, de longe, a droga mais utilizada para a calvície de padrão masculino.

O que acontece quando você toma Finasterida?

A Finasterida é um tratamento muito eficaz e o mais comum para a calvície de padrão masculino. Tomado como uma cápsula uma vez ao dia, ele interrompe a queda de cabelo hereditária em quase 90% dos homens – e a reverte em 66%.

A calvície é causada pela ação do hormônio dihidrotestosterona (DHT) nos receptores foliculares do couro cabeludo. Esse hormônio é produto da ação da enzima conhecida como 5-alfa (5α) Redutase, que converte a testosterona em DHT. O DHT atua nesses receptores causando a miniaturização gradual e o enfraquecimento da haste do cabelo – o que eventualmente leva ao afinamento e enfraquecimento dos fios.

Quando você toma Finasterida, o medicamento tem como alvo a enzima 5α Redutase, inibindo a conversão da testosterona em DHT. Como a enzima não pode mais produzir o hormônio, menor a quantidade de DHT e consequentemente diminui os danos nos folículos capilares. Isso resulta em mais cabelo. Faz sentido!

Mas, como ela intervém em um processo hormonal, pode haver efeitos colaterais da Finasterida. Vamos dar uma olhada…

Quais são os efeitos colaterais da Finasterida?

Todas as drogas têm efeitos colaterais – e a Finasterida não é diferente. A boa notícia é que nem todos os experimentam. Dado que é aprovado para uso médico, os efeitos colaterais da Finasterida são raros. Quando ocorrem, são também temporários e geralmente leves.

No caso da Finasterida, porém, muita atenção foi dada aos efeitos colaterais. Vale a pena entender a confusão olhando mais de perto…

Finasterida e disfunção sexual

Os efeitos colaterais mais notórios da finasterida são os de natureza sexual. Você já deve ter lido algo sobre isso antes. Na maior notícia, a Food and Drug Administration (FDA) dos EUA divulgou uma advertência sobre a Finasterida em 2012. Isso alertava sobre a possibilidade de efeitos colaterais, incluindo diminuição da libido e distúrbios de ejaculação e orgasmo. Além da sugestão de que esses efeitos colaterais podem durar mesmo depois que a Finasterida parou de ser tomada, não é surpreendente que isso tenha sido notícia

No entanto, é trabalho do FDA ser cauteloso – e as evidências com as quais eles trabalharam estavam longe de ser esmagadoras. Ao longo de 23 anos, o FDA recebeu apenas 421 notificações de disfunção sexual após o uso de Finasterida, com 59 casos de efeitos colaterais que duraram três meses após a suspensão da medicação. 

Embora o FDA estivesse certo em chamar a atenção para a possibilidade de ocorrência desses efeitos colaterais da Finasterida, a resposta da mídia não foi proporcional aos números.

Então, é verdade que a Finasterida causa disfunção sexual?

As evidências dos testes clínicos com a Finasterida colocam a conversa sobre seus efeitos colaterais sexuais no contexto. É realmente muito raro que ocorram esses efeitos colaterais. Estamos falando de um por cento.

Além disso, de acordo com um estudo analisado pelo NHS , que investigou mais de dezessete mil casos, apenas 1,4% dos homens que tomaram Finasterida tiveram disfunção erétil persistente após terem parado o medicamento. Este estudo incluiu aqueles que tomaram a dose de 5 mg para hiperplasia prostática – para os quais os efeitos colaterais são muito mais prováveis ​​do que aqueles que tomam a dose de 1mg para calvície.

A diferença entre as dosagens é importante. Embora a dosagem de 5mg tenha sido encontrada em uma revisão de estudos relacionada ao aumento do risco de disfunção sexual, para a dose de 1mg não há tal correlação. Na verdade, a revisão concluiu que não há conexão estatisticamente significativa entre a Finasterida para o tratamento de calvície e esses efeitos colaterais. Portanto, você pode ter certeza de que os efeitos colaterais da Finasterida são raros e o medicamento é seguro e eficaz.

Outros efeitos colaterais da Finasterida

Embora muitas informações em torno dos efeitos colaterais da Finasterida sejam exageradas, há alguns a serem considerados. Se você tiver algum deles, é aconselhável consultar um médico. 

Os efeitos colaterais da Finasterida incluem:

  • Calafrios
  • Tonturas, confusão
  • Sensibilidade ou inchaço ao redor das mamas, rosto, mãos ou pés 
  • Erupções ou vermelhidão
  • Mudanças incomuns de peso

Nariz escorrendo ou entupido, bem como sonolência e dores abdominais, também são possíveis.

E quanto à Finasterida e ao câncer?

Finalmente, certa vez houve alguma discussão sobre a possibilidade de a Finasterida causar câncer de próstata. No entanto, isso, novamente, não se mostrou tão certo quanto alguns dos relatórios sugeriram. Um famoso estudo divulgado em 2003 mostrou que, embora as pessoas que tomaram Finasterida tivessem 30% menos probabilidade de desenvolver câncer de próstata, eram potencialmente mais propensas a desenvolver câncer de próstata de “alto grau”.

Desde este estudo que chamou a atenção, houveram mais pesquisas. Acompanhando usuários de Finasterida após quase 20 anos, um estudo descobriu que usuários de Finasterida tinham 25% menos chances de morrer de câncer de próstata do que aqueles que não usaram a droga . 

Como reduzir os efeitos colaterais da Finasterida?

Uma pergunta comum que os médicos recebem é se seria possível reduzir os efeitos colaterais da Finasterida durante o uso do medicamento. Embora você veja sugestões sobre isso online, a resposta é aquela que você talvez não goste de ouvir: a única maneira de reduzir os efeitos colaterais da Finasterida com certeza é… não tomá-la. 

Um estilo de vida saudável – incluindo exercícios e uma dieta equilibrada – pode ajudar a melhorar os efeitos colaterais da Finasterida, como redução da libido e disfunção erétil, enquanto reduzir o consumo de cigarros e o álcool também ajuda. E, claro, tomar o medicamento conforme prescrito ajuda a evitar possíveis efeitos colaterais.

Alguns jornais relataram que os efeitos colaterais da disfunção sexual da Finasterida não podem ser tratados com medicamentos para disfunção erétil, como Viagra ou Sildenafil. No entanto, é evidente que não há evidências suficientes para apoiar esta avaliação. Além disso, não há interações conhecidas entre os dois medicamentos, mas em caso de dúvida, você pode consultar os médicos da Manual – esta é uma consulta comum que tratamos diariamente. 

Como alternativa, você pode usar um medicamento diferente para a queda de cabelo, como o Minoxidil , que é um produto tópico. Na verdade, os dois funcionam muito bem juntos como um tratamento combinado para a calvície. 

A Finasterida é segura?

Portanto, considerando todas as informações, a Finasterida é segura? As evidências dizem que sim.  Apesar da possibilidade de efeitos colaterais, a Finasterida continua sendo um medicamento oficialmente aprovado para uso – e continua a ser uma ótima opção para o tratamento da calvície e do aumento da próstata. 

Embora seja geralmente difícil lidar com as informações em torno de algumas drogas, você está certo em dedicar um tempo para aprender. E, no final do dia, é sua decisão se os benefícios superam os riscos. De acordo com a maioria dos especialistas médicos, sim.

Principais vantagens…

A Finasterida ganhou alguma notoriedade por seus efeitos colaterais. No entanto, estes são amplamente exagerados. Geralmente, os efeitos colaterais da Finasterida são raros e, em 99% dos casos , temporários. Se você está preocupado com os efeitos colaterais sexuais da Finasterida, lembre-se de que a baixa dosagem usada para a calvície os tornam altamente improváveis ​​em qualquer caso. Como sempre, em caso de dúvida, consulte um médico especialista.

Embora garantimos que tudo o que você lê seja revisado e aprovado por um médico, as informações apresentadas aqui não têm a intenção de substituir uma avaliação, diagnóstico ou tratamento médico profissional. Se você tiver alguma dúvida ou preocupação, fale com seu médico.


Leitura adicional

Do nosso centro de saúde. Especialistas, informações e tópicos quentes. Ver tudo Queda Capilar artigos